Perguntas Frequentes

Qual madeira usada nos gabinetes Gsouza?

Trabalhamos com MDF Ultra –  Medium Density Fiberboard (Fibra de Média Densidade), resistente a umidade, à cupim e a bactéria. E por ser um material ecologicamente correto: produzido com madeira reflorestada. Usamos também madeiras solidas para os gabinetes da nossa linha “Wood” com acabamento envernizado com “dovetail joint” (cauda de andorinha).

Qual a espessura do MDF usado para os Gabinetes?

Trabalhamos com espessuras diversas, quase sempre 15 mm, porém, alguns projetos outras espessuras.

Por que não é usado o Compensado Comum ou Naval?

O Compensado Comum ou Naval são excelentes madeiras assim como madeiras maciças, porém, perde em ressonância e frequências sonoras em comparação ao MDF. Já o Aglomerado tem o melhor desempenho acústico em relação a qualquer outra madeira, mas é um material mais frágil, esfarela muito e não serve para quem procura resistência e durabilidade!

Por que muitos ainda usam o compensado e não o MDF?

Porque no passado não existia opções de chapas de madeiras, assim, muitos temem em mudar sua matéria prima com medo da aceitação do consumidor, mesmo sabendo da qualidade sonora e o desempenho melhor para o falante que o MDF proporciona. O MDF surgiu na década de 70, mas só na metade dos anos 90 se tornou conhecido no Brasil.

Qual a diferença entre MDF e Compensado para uma caixa acústica?

O MDF tem suas paredes mais densas, sem problemas de empenamentos e movimentos conforme mudança climática, sem vibrações internas com a pressão sonora e sem imperfeições, sendo um material denso a base de fibra, ele absorve melhor as frequências graves gerando todos os picos: graves, médios e agudos sem atenuações variáveis, já o compensado comum ou naval corre riscos de vibrações indesejadas quando suas laminas começam a se descolar, sofre com mudanças climáticas (assim como a madeira maciça também). É uma madeira seca, sem absorção fazendo as frequências rebaterem de parede à parede e suas “veias” fazem com que o som gerado se desvie provocando atenuações variáveis, perdendo em curva de resposta para um gabinete em MDF.

Como a Gsouza chegou à essa conclusão entre MDF e Compensado?

Foram estudos aprimorados em Técnica Acústica, alguns anos de experiência em som automotivo e som profissional e vários testes simulados em softwares e testes reais com apoio de um engenheiro de áudio.

MDF resiste menos à umidade que outras madeiras?

Não exatamente, nada resiste a natureza, o MDF Ultra resiste a umidade mas não a água em abundancia, como nenhuma outra madeira resiste a água, umas resistem mais outras resistem menos. Um FATOR importante que ninguém considera é o fato de exigir algo que não tenha problemas com a umidade sendo que os falantes e os componentes de um amplificador, esses sim não podem ter contato com a umidade e muito menos água!

Dizem que o MDF é mais pesado, isso é verdade?

Sim, ele é mais pesado, mas é uma diferença mínima se você comparar dois gabinetes iguais sendo um em MDF 15 mm e outro em Compensado 15 .mm. Ex.: Um gabinetes medindo 40 cm de altura, 50 cm de largura e 30 cm de profundidade (corresponde a um gabinete 1 x 12 – GS-112), ele é composto por 0,98 M², em compensado este pesará 8,8 Kg e em MDF 11,2 Kg, diferença de 2,4 Kg, portanto, isso é uma diferença insignificante pensando na qualidade superior que o MDF proporciona. Um (1) M² de MDF equivale a 11,4 Kg, um (1) M² de Compensado equivale a 9 Kg.

Como é o processo de cortes e produção dos Gabinetes?

O processo é todo feito a mão (handmade), cubagem e corte confeccionados em Esquadrejadeira de Precisão, seguindo para Router. Após esses primeiros passos, vai para montagem estrutural, depois segue para acabamentos de cantos, pintura interna (alguns modelos) para enfim, receber todo tratamento manual para aplicação do revestimento. Logo isso, vai para montagem dos acessórios, inspeção, embalagem e por fim à entrega ao cliente.

Como é feito a junção nos topos dos Gabinetes?

A junção dos topos em gabinetes revestidos são todos parafusados e muito bem colados. A junção do tipo “dovetail joint” (cauda de anrodinha) se torna desnecessário para gabinetes revestidos. Já para os gabinetes da nossa linha Wood, esses sim são em “dovetail joint”, pois ficará exposto ao acabamento final, dando ao gabinete um charme extra!

Qual tipo de revestimento é usado nos Gabinetes?

Usamos vários revestimentos, dando prioridade ao que existe no mercado nacional, como Courvin, Couríssimo, Carpe/Forração, entre outros tecidos como Jeans, Panamá, Granitê, etc…

Revestimento Tweed a Gsouza trabalha?

Sim, tweed é um tecido importado de origem escocesa, conhecido em algumas regiões do Brasil como Lã Batida, possuímos outras opções de cores do “tweed” com as mesmas características do tweed dos famosos Fenders Tweed, porém o famoso tweed dos Fenders são difícil encontrar no Brasil, dependemos de importação e, devido a alta de impostos e de toda burocracia brasileira referente as importações, acaba sempre elevando o custo final ao consumidor nos limitando a ter estoque deste material e por isso nem sempre vamos poder oferecer este revestimento ao cliente.

Revestimento em Tolex é usado nos Gabinetes?

Assim como o tweed, o tolex é de difícil comércio no Brasil. Priorizamos os revestimentos disponíveis no mercado nacional.

Revestimento em courvin é resistente?

O Courvin é menos resistente que o tolex, o tolex precisa de algumas batidas a mais para começar a danificar, já o Courvin é um pouco mais delicado. Mas todos cuidado com equipamentos é sempre bem vindo, afinal não é somente o revestimento que pode danificar a uma queda, os componentes também podem e seus danos são muito mais graves!

Quais tipos de acessórios é usado nos Gabinetes Gsouza?

Usamos vários tipos de acessórios, priorizando mais o que se encontra no comercio nacional, como Alças laterais plásticas (grande ou pequena), Alça Plana com ponteiras em metal (preto ou cromada), Cantoneiras plásticas de vários modelos, como cantos 90º, cantos angulados, cantos maiores usado mais em Gabinetes para Baixo, Pés de Borracha, Rodízios de silicone, etc…

Cantos de Metal e Alças Vintages a Gsouza trabalha?

Sim, alguns tipos de acessórios dependemos de importação, como alguns modelos de alças e cantos, mas ainda encontramos algo dentro do mercado nacional para disponibilidade imediata.

Quais são os tecidos ortofônicos usado nos Gabinetes?

A Gsouza tem como padrão tecido ortofônico preto, mas trabalhamos com outros tecidos de cores e texturas diferentes. Cada tipo de tecido ortofônico tem variações de valores. Usamos também como tela em gabinetes, chapa perfurada de aço de carbono com pintura eletrostática em cores diversas.

Aquele "friso" usado em torno de alguns gabinetes vocês usam?

Sim, usamos! Aquele “friso” se chama VIVO ou como chamam lá fora “Piping” e usamos conforme o pedido do cliente. Possuímos em diversas cores, entre elas o “Gold” e “Silver” revestidos.

Os Gabinetes Gsouza são padronizados ou são modelos variáveis?

Os Gabinetes temos nossas linhas definidas “Compact Series”, ” Classic Series”, “Modern Series” e “Wood Series”, mas também priorizamos o gosto de cada cliente, customizando e projetando conforme à sua preferência.

Os Gabinetes Gsouza vem com ou sem falantes?

Os Gabinetes podem ir com ou sem os falantes. O cliente tem esta opção, caso, já tenha os falantes.

Quais as marcas e modelos dos falantes usado nos Gabinetes?

Trabalhamos hoje com duas marcas, Celestion e Eminence. Temos em nossos distribuidores alguns modelos de ambas as marcas. Não trabalhamos com falantes a pronta entrega. Para venda de Gabinete já com o falante ou apenas do falante, precisamos fazer a cotação e disponibilidade do modelo desejado junto ao nosso distribuidor.

Quais são os opcionais para um Gabinete que a Gsouza fabrica?

Os opcionais podem ser diversos, entre eles citamos alguns como: “OpenBack” ou “ClosedBack” (todos gabinetes “openback” e os gabinetes para chassi de amplificadores são feito pintura interna na cor preta); Kit Rodízios de Silicone; Chave Seletora para mudança de impedância; opção de saída para outro gabinete “Speaker In” ou “Speaker Line Out” e acabamentos diferenciados como o VIVO (friso), entre outros opcionais de gosto pessoal do cliente.

A Gsouza oferece garantia em seus produtos?

Sim, a Gsouza oferece garantia em seus produtos. Para informações detalhadas sobre garantia, acesse: Termo de Garantia.

A Gsouza tem gabinetes a pronta entrega?

Não, trabalhamos somente sob encomendas.

Quanto custa um Gabinete Gsouza?

Os gabinetes possuem valores diversos, dependerá do modelo desejado e seus acessórios. Para solicitar seu orçamento e definir modelo de sua preferência, clique aqui!

Qual o prazo de entrega estipulado pela empresa?

O prazo de entrega/produção é de 15 à 30 dias após confirmação de pagamento.

Qual a forma de envio dos produtos?

Trabalhamos com três empresas de transportes:  1: Transportes JadLog (todo Brasil), 2 : Transportes Bauer (RS, SC, PR e SP Capital), 3: Correios (PAC ou SEDEX). Recomendamos as opções 1 e 2 por motivos de qualidade, cuidados com mercadorias e segurança no transporte.

Os Gabinetes são com frete grátis?

Não, cada Gabinete tem o seu valor de frete, somando valor do gabinete + valor de frete.

Como posso saber o valor de frete?

O cliente nos informa seu CEP e o valor é calculado conforme as dimensões, peso e valor fiscal de cada venda. Cálculo feito junto aos sites de cada transportadora associada.

Quais são as formas de pagamento?

Depósito bancário, transferência bancária, boleto ou cartão de crédito via PagSeguro.

Fazem venda parcelada?

Sim! Venda parcelada, somente através de cartão de crédito via PagSeguro com uma taxa adicional de 4,99% adicionado no valor final do produto, podendo ao comprador parcelar em até 12 vezes com juros.

Qual o compromisso da Gsouza com clientes e fornecedores?

Nosso compromisso é atender de forma honesta, oferecendo sempre o melhor atendimento, assim como tratar com respeito e ética profissional à todos os nossos clientes, colaboradores e  fornecedores.

* Para mais informações, esclarecimentos e orçamentos,  CLIQUE AQUI!